sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

E a saudade?


A saudade...
De fazer as unhas enormes de massa de modelar.
Fazer animais, casas, arco iris com a massinha de modelar.
Fazer quase uma terapia, ou até mesmo só o prazer de fazer zoada estourando bolinhas de plástico.
Pintar com os lápis de cera, que tinham a triste mania de quebrar.
Colecionar geloucos e garrafas de plástico das promoções da coca-cola.
E o cheirinho de álcool do mimeógrafo? 
Quando a '' tia '' entregava as provas, muitas vezes molhadas ainda, com aquele cheirinho viciante e inesquecível, que hoje para os que vivenciaram desse momento, pode-se chamar de cheirinho de infância.
São coisas que não voltam mais, infelizmente, nós que conhecemos sabemos que não voltará, e os que não conheceram não tem se quer desejo, curiosidade ou vontade de ao menos tentar experimentar ou procurar saber.
Partilhamos de coisas da infância que serão a própria infância, mas as crianças de hoje se divertem com as tecnologias, sem saber o quanto era prazeroso o simples trabalho manual.
É computador, tablet, ipad, ipod, iphone... São tantas coisas que furtam a infância das crianças, que para eles, no futuro o que eles terão de falar de suas infâncias, será: Você se lembra como aquilo era ultrapassado? Nossa nunca imaginei que um computador pudesse ficar tão rápido.
Na minha época computador era assim, hoje ele está bem melhor.
A recordação dos cheiros, será dos quartos trancados, isolado da família por exigir privacidade, do cheiro de comida que ficou grudado nas paredes, por comer em frente ao computador.
As pinturas nem do paint serão mais, já é ultrapassado também.
As brincadeiras de criança, criança? Existem na época de hoje, são poucas.
As brincadeiras serão os jogos de computador que cada um joga do seu próprio computador, sem precisar se ver, ter um contato de criança com criança.
Não existirá mais aquelas rodas de meninos brincando de bola de gude.
Meninas brincando de bonecas.
Marcando o chazinho da tarde das bonecas na casa de uma amiga.
Crianças segurando na mão de seus pais? Não existirá mais, elas já conhecem o mundo através do computador.
Crianças correndo na rua.
Gritando no meio da rua.
Brincando no meio da rua.
Qual será a recordação da infância das crianças de hoje?
Tragédia, violência, bipolaridade e avanços na tecnologia.

 Mas o grande problema da sociedade é esquecer que nem todas as crianças tem essas oportunidades...
E mesmo com tantos problemas para o futuro, sempre tem situações piores...



2 comentários:

Ednéia Gregório de Souza disse...

O problema maior é ter consciência de tanto avanço na tecnologia e o mundo continua parado em se tratando de desigualdade social,violência...que pena!

Ðäyäññy Crhysthyan disse...

Pois é Ednéia, agradeço a visita e o comentário, volte sempre!!!

Postar um comentário